28

julho/2015

Ministério da Cultura recebe visita dos intercambistas

Publicado por: Intercâmbio SAL/SAJ

Por: Karine Gonzaga / Ministério da Cultura  Cultura.gov.br

Na manhã desta terça-feira (28), o Ministério da Cultura (MinC) deu boas-vindas a 20 estudantes de todo o Brasil. Alunos de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado em Direito, Administração e Relações Internacionais, entre outros cursos, visitaram as instalações do Ministério, conheceram as políticas públicas brasileiras para a área da cultura e receberam um convidado surpresa: O ministro Juca Ferreira deu uma pausa na extensa agenda para conhecê-los e falar do cenário cultural brasileiro.

IMG_0910

“Ampliamos o conceito de cultura e para satisfazer a necessidade da população, montamos um processo de transparência. Antes, quase todo o orçamento da cultura era gasto com a própria máquina”, afirmou o ministro. “Passamos muita dificuldade, ainda estamos em processo, ainda não temos a infraestrutura mais satisfatória, indicadores sólidos, mas estamos na direção. A gente construiu um processo democrático. Temos programas que repercutem até internacionalmente, mas ainda temos que produzir um processo subjetivo de amadurecimento da sociedade”, ressaltou.

O coordenador-geral de Programas e Projetos Culturais da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC), Daniel Castro, e o coordenador-geral de Análise de Projetos de Incentivos Fiscais da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic), Vicente Finageiv Filho, apresentaram aos estudantes a Política Nacional de Cultura e falaram de formas de fomento, entre outros temas.

A paraense Isadora Vasconcelos, que faz mestrado em Direitos Humanos, se surpreendeu com as políticas culturais voltadas para populações quilombolas, indígenas e ciganas. “Parabenizo o ministério pela mudança de postura. É muito significativo fazer as pessoas entenderem que não é possível ficar em patamares diferenciados”, elogiou Isadora.

O assessor especial do Ministério, Fred Maia, elogiou o encontro. “Fico feliz por estarmos formando gerações de pessoas curiosas e comprometidas. O povo brasileiro merece que suas colorações sejam compreendidas”.

Para a doutoranda em Direito, Raquel Scalcon, o encontro foi importante porque agora ela tem uma nova concepção da cultura, “mais ampla e não só comercial”. “A gente vê em exposições de arte, escuta em espetáculos o apoio do ministério. Com o encontro, você percebe que as políticas públicas do MinC são mais do que cultura influenciada pelo mercado”, afirma.


 

VEJA AS FOTOS

IMG_0909

IMG_0906

IMG_0895

IMG_0892

IMG_0890

IMG_0887

IMG_0885

IMG_0882

IMG_0880

IMG_0879

IMG_0878

IMG_0877

IMG_0871

IMG_0870

IMG_0866

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *